da minha janela vejo o mundo

Durante a exposição “Da minha janela vejo o mundo” Cláudia Sperb desenvolveu várias atividades e propostas convidando seus amigos para participar com xilogravuras e monotipias, performances musicais, rodas de poesia, projeção de filmes e vídeos, textos, intervenções, oficinas de xilogravura, papel machê, origami e desenhos na parede dos espaço expositivo do Jabutipê.  Os convidados de Cláudia foram: Banda Afoxetal, Barbara Benz, Bruno Oliveira, Carina Sehn, Carlos Urbim, Cristiane Ferronato, Eduardo Krug, Everton Moraes, Joana Kirst Adami, Luís Filipe Bueno, Marcelo Monteiro, Moacir Chotguis, Nina Blauth, Rafael Kenji, Rosane Morais, Samuel Ornelas, Seda, Thiago Esser e Antônio Augusto Bueno

Anúncios

Uma resposta em “da minha janela vejo o mundo

  1. …e se pudesse sempre existir um lugar em que as pessoas trouxessem seu trabalho para mostrar, compartilhar, exibir, sem curadoria, sem edital, avaliação, currículo…
    exemplo como espaço , atenção, tempo, consideração, respeito como o Jabutipê fez neste evento. Aqui foi carecterizado os trabalhos realizados pelos artistas espeficadamente motivado pela exposição “da minha Janela eu vejo o mundo”.

    Mas um centro cultural poderia, um sala, uma garagem… poderia abarcar uma sugestão/idéia assim…para apresentar várias outras manifestações artísticas !!!

    MUITO OBRIGADA ANTÕNIO AUGUSTO BUENO ! REALIZAÇÃO DE MAIS UM SONHO !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s